6 de ago de 2014

1ª Ação na Ocupação Cultural de Ermelino Matarazzo


Nesta sexta feira, dia 08/08, às 18h, irá acontecer a primeira ação na Ocupação Cultural de Ermelino Matarazzo.

Muitos ficaram curiosos, muitos ficaram duvidosos e muitos, enquanto não viram as portas do lugar levantadas, não botaram fé e forças para a efetivação da ocupação do espaço, mesmo após ser realizada a ação da ocupação visual, com o graffiti na fachada do prédio.

Fato é, as portas serão levantadas!

Vale ressaltar primeiramente o esforço de todas as pessoas envolvidas nesses mais de 20 anos de luta pela concretização deste ideal, assim como ressaltar o esforço dos que acreditam e lutam diariamente para a cultura ter seu reconhecimento enquanto política prioritária para a população.

Mas calma lá, é bom frisarmos que esta ação não selará a conquista definitiva desta luta, pois alguns tramites ainda estão por vir, como a viabilização da reforma do prédio (principalmente no que se refere ao financeiro), além da reforma pontual, nos espaços em condições de uso imediato.

Outro ponto a ser superado também é a possibilidade de uso livre e autônomo do local pelos coletivos. Logo após a visita da equipe da Secretaria Municipal de Cultura no bairro, em 23 de junho, houve a confirmação de que alguns ambientes poderiam ser ocupados imediatamente, pois não encontravam-se comprometidos em sua estrutura, e tal equipe, representada principalmente pelo secretário adjunto de cultura Alfredo Manevy, legitimou que os grupos fizessem seu papel de pressão, ocupando o local e realizando um projeto piloto de atuação comunitária enquanto os processos burocráticos para a revitalização do prédio estariam ocorrendo.

Desde então o movimento pela casa de cultura vem enfrentando a falta de ação e morosidade por parte da subprefeitura para que projeto, que já está no papel, de sequência para seu início.

Por isso, é imprescindível que a população se mostre presente e compareça em peso na atividade desta sexta, dando provas da validade da demanda requisitada, o que pode vir a respaldar os coletivos culturais também como futuros administradores do espaço.

Venha prestigiar o evento e discutir o papel da cultura em nossa formação. Para esta ação contaremos com a presença especial de Peu Pereira, diretor do documentário "A periferia é o centro", que retrata as ações e ideias de produção dos coletivos residentes dos quatro cantos da cidade.

Contamos com sua participação e apoio neste movimento!

SEXTA - 08/08
HORÁRIO: das 18h às 21h
LOCAL: Avenida Paranaguá, 1633 (antiga sede da Subprefeitura de Ermelino Matarazzo)



Para maiores informações e entendimentos sobre a questão, indicamos os links abaixo:

Visita da equipe da Secretaria Municipal de Cultura:

Carta do Fórum de Cultura da Zona Leste, ao qual compartilhamos de seus ideais e apoiamos a luta:

Confirme presença também no evento criado no fecebook:

Texto e imagens de Alan Alvico

20 de jun de 2014

MQG... realiza mural em Itaquera.

Mural Cenário Brasileiro

Em vistas da abertura do evento mais significativo para o país nos últimos tempos e de frente para o palco de tal solenidade, o "Coletivo Muros que Gritam..." realiza sua mais recente intervenção: o Mural Cenário Brasileiro. 

A representação do mesmo pautou-se no resgate e na memória daqueles que, de alguma forma, sofreram não só pela influência direta do referido evento, como também aqueles que foram atingidos pelas ingerências do poder público e seus mecanismos parciais de "justiça". 

O motivo de não nos referirmos de forma direta ao evento, neste texto, não deve servir de conclusão a uma postura contraria à realização do mesmo, apenas a postura que nos norteia enquanto coletivo é a busca da superação das opressões ao povo periférico, e acreditamos que isso perpassa pela evidenciação de tais condições.

Por isso, deixamos aqui nossos registros físicos e virtuais aos representados:

Amarildo Dias de Souza, VIVE!
Fabiane Maria de Jesus, VIVE!
Claudia da Silva Ferreira, VIVE!
Douglas Rodrigues, VIVE!

Texto: Alan Alvico
Foto: MQG...

Arena Itaquera.

Amarildo Dias de Souza.

Fabiane Maria de Jesus
Claudia da Silva Ferreira.

Douglas Rodrigues

Apenas agradecimento.

Mural finalizado.



25 de mai de 2014

Ocupação Visual em Erm. Matarazzo.

Ocupação Visual da antiga Administração Regional de Ermelino Matarazzo – FUTURA CASA DE CULTURA DE ERMELINO MATARAZZO.

Como informado na última postagem deste blog, a primeira ação de ocupação no prédio da antiga Administração Regional de Ermelino, seria uma ocupação visual realizada pelo coletivo “Muros que Gritam...”, nesta presente data (25/05/2014).

A fim de trazer mais vida ao local que estava deteriorado, como também identificar os espaços que serão ocupados culturalmente, a ação deste domingo pautou-se como a primeira de uma série de várias intervenções que estão sendo planejadas pelos coletivos e grupos culturais do bairro de Ermelino Matarazzo.

A ideia representativa do painel foi resgatar o histórico de luta pela concretização de um equipamento público de cultura para o bairro (que já passa de mais de 20 anos), e com isso ilustrar a força de inúmeros atores sociais na construção deste sonho.

Fachada da nossa futura Casa de Cultura de Ermelino Matarazzo.
Foto: Uilian Chapéu.

Consideramos que este ponta pé inicial forçará ainda mais o poder público a fomentar e viabilizar a revitalização do espaço, além disso, o Cultura ZL, enquanto rede articuladora dos coletivos da região, sustenta a postura política de que o espaço deve ser não só ocupado de forma presencial por esses grupos, como também administrado pelos mesmos, a partir de uma gestão participativa com os representantes municipais.

Diante disto, convidamos a todos os moradores de Ermelino Matarazzo, assim como os fazedores de cultura e seus coletivos, para debatermos a coesão de um movimento visando a melhor organização da OCUPAÇÃO CULTURAL da futura casa de cultura.

O encontro ocorrerá no seguinte local e data, a saber:
Data: 29/05
Local: Sede do Periferia Invisível - Rua Elégia de Agosto, nº 04 (Vila Silvia).
Horário: das 19h às 21h.


RESSALTAMOS, O ENCONTRO É ABERTO A TODOS OS INTERESSADOS E ENVOLVIDOS COM AS QUESTÕES AQUI CITADAS!

Comunidade e Artistas.
Foto: Angélica Pereira Lopes.

Começando os rabiscos.
Foto: Angélica Pereira Lopes.

Até o casal do trio doBalaio estiveram presentes. Ângela Garcia e Garcia e Leandro Hoehne.
Foto: Angélica Pereira Lopes.

Dialogando e construindo nossas redes.
Foto: Angélica Pereira Lopes.

Concentrados e focados.
Foto: Angélica Pereira Lopes.

Estamos em luta, constantemente.
Foto: Angélica Pereira Lopes.



***
Texto: Alan Vitor Corrêa
Imagens: Angélica Pereira Lopes e Uilian Chapéu.
Colaborador: Cleiton (Pouts). Obrigado por sua contribuição.
Revisão: Vander xCHEx.

23 de mai de 2014

Informações sobre a Casa de Cultura de Erm. Matarazzo.

Visita da Equipe Gestora da Secretaria Municipal de Cultura à Antiga sede da Administração Regional de Ermelino Matarazzo – FUTURA CASA DE CULTURA DO BAIRRO.

Hoje, dia 23 de maio, às 9h30, foi realizada uma reunião (dentre muitas já feitas) para a discussão referente à concretização da Casa de Cultura de Ermelino Matarazzo. 


Sub prefeita de Ermelino Matarazzo com os representantes da Secretaria de Cultura
da cidade de São Paulo.

Representantes da Sub prefeitura de Ermelino Matarazzo
e o Vereador Vavá do Transporte.
A subprefeitura de Ermelino e a equipe gestora da Secretaria Municipal de Cultura, seguida de seus representantes, convidou os moradores e os coletivos culturais residentes do bairro para a apresentação do último projeto para a Casa (dentre 4 já realizados em 20 anos de luta), assim como dialogar sobre possíveis ações a serem implementadas ou fomentadas para as políticas culturais na região. 


O fato novo desta novela foi que a reunião acabou sendo realizada no prédio onde antigamente residiu a Administração Regional [1]do bairro, localizada no “coração” de Ermelino, na Avenida Paranaguá. O local é cotado para abrigar a Casa de Cultura e já conta com estudos e projetos de arquitetura para sua efetivação, além de já ser de propriedade da própria Prefeitura de São Paulo.

Binho Santana, Uilian Chapéu, Alan Vitor e Gustavo Soares,
representantes da Rede Cultura ZL.

Apesar de serem necessárias reformas e adaptações para que a Casa seja realmente viabilizada e concretizada como foi escrito inicialmente, a proposta advinda pela supervisão de cultura é de que já ocorram atividades no local, em salas que não apresentam risco para possíveis ações.


Diante disso, nós da REDE CULTURA ZL, que estivemos presentes nesta reunião[2] propomos a ocupação do espaço de forma imediata, com ações ocorrendo já neste domingo dia 25, para que não se perca o ímpeto e a discussão se esfrie novamente.


Sendo assim, convidamos a todos os moradores interessados e fazedores de cultura do bairro para as primeiras ações de ocupação do local, a saber:

25/05/2014 – Ocupação visual realizada pelo coletivo “Muros que Gritam...” na fachada do prédio.

Local: Antiga Administração Regional de Ermelino Matarazzo, Avenida Paranaguá, nº 1633

Horário: a partir das 9h

29/05/2014 – REUNIÃO ABERTA para discutirmos e articularmos a ocupação do espaço enquanto rede e coletivos.

Local: Sede do Periferia Invisível, Rua Elégia de Agosto, nº 04

Horário: das 19h às 21h

VALE RESSALTAR QUE AS AÇÕES SÃO ABERTAS PARA TODOS OS INTERESSADOS! 
***

[1] O prédio atualmente está com alguns espaços condenados em sua estrutura, porém, o piso térreo se encontra em perfeitas condições para ser utilizado, assim como foi percebido na própria reunião que foi no local. 

[2] Estiveram presentes na reunião os coletivos “Muros que Gritam...”, Periferia Invisível e Slam da Guilhermina, além dos moradores interessados.
***

Texto: Alan Vitor Corrêa.
Imagens: Binho Santana, Gustavo Soares e Uilian Chapéu.
Revisão: Gustavo Soares.

15 de ago de 2013

Lançamento do Livro: Cultura ZL - Rede de Coletivos Ermelino Matarazzo.


Que máxima alegria!!!

E quanta alegria... 

É com imenso prazer, que divulgamos aqui o lançamento do nosso livro: Cultura ZL - Rede de Coletivos Ermelino Matarazzo.

O lançamento será no dia 31 de Agosto de 2013 na Biblioteca Municipal Rubens Borba de Morais a partir das 13h.

Venham todos para um bate papo com as pessoas que ajudaram a construir este trabalho.

Patrocínio: Programa VAI - Secretaria Municipal de Cultura
Realização: Projeto InformAtivo Cultura ZL 2 e Cultura ZL.
Organização: Emerson Alcalde
Prefácio: Ana Paula do Val - Pesquisadora em Estudos Culturais.